Loading...
O Jovem Cunhal
O Jovem Cunhal
  • Estreia: 2022
Sinopse

“Um filho adoptivo do proletariado”, disse de si mesmo Alvaro Cunhal. E disse bem. Filho de mãe austera, muito católica e conservadora de quem herdou o caracter e de um pai advogado, progressista, com ideias socialistas, “um homem bom” de quem herdou as convicções, muito cedo procurou o comunismo, muito cedo o encontrou. Os seus heróis? Um colectivo, a grandiosa revolução russa que fez tremer e mudar o mundo. Outro individual, o generoso e grande dirigente comunista Bento Gonçalves.
“Em nenhum outro politico português se condensa melhor a história do Portugal que recusava Salazar” escreveu José Pacheco Pereira. Em nenhum outro português nos terríveis tempos do século XX se encontra um homem com tanta coragem para defender aquilo que acredita, digo eu. Coragem é a palavra justa para definir o jovem Cunhal que aos vinte anos já era um homem. E tantos anos na clandestinidade e tantos anos na prisão! Isolado, espancado e torturado nunca disse nada, nunca cedeu. Escreveu textos notáveis. Leiam, ou melhor ouçam “a superioridade moral dos comunistas”, “se fores preso camarada” ou a tese de formatura que, sob prisão, foi defender perante um júri fascista, “o direito ao aborto das mulheres trabalhadoras”. E excertos dos seus vários livros, romances e contos escritos sob pseudónimo Manuel Tiago, muitas vezes auto-biográficos. E dizer também, que em tempos mais calmos, o jovem Cunhal foi o teórico, formador e agitador do movimento neo-realista. Encontrar o modo certo de filmar o percurso de um jovem complexo e corajoso foi tão difícil como fascinante. Para mim não há documentários nem ficções, há cinema. E o cinema pode nestes tempos de perigos e ameaças ajudar as pessoas a serem mais corajosas e mais humanas.

João Botelho

Ficha Técnica

ESCRITO E REALIZADO POR: João Botelho; PRODUZIDO POR: Alexandre Oliveira; COM: João Pedro Vaz, Margarida Vila-Nova, Gonçalo Norton, Alexandra Sargento, Hugo Mestre Amaro, Gustavo Vargas, Luís Lima Barreto, João Barbosa, Rafael Fonseca, Elsa Valentim, Carolina Campanela, Jaime Baeta, Francisco Vistas; FIGURAÇÃO: Manuel Lopes, Luís Salgueiro, Gonçalo Goulart; ASSISTÊNCIA DE REALIZAÇÃO: Pedro Ramalhete; IMAGEM: João Ribeiro; ASSISTÊNCIA DE IMAGEM: Ricardo Simões, José Pedro Gomes; ILUMINAÇÃO: Rosa Vale Cardoso, Rui Seabra; SOM: Ricardo Ganhão; CENÁRIOS: Alexandre Oliveira, Fábio Paulo; FIGURINOS: Susana Moura; CARACTERIZAÇÃO: Ivan Coletti; MONTAGEM E MISTURA DE SOM: Paulo Abelho; CORRECÇÃO DE COR: Jennifer Mendes; ASSISTENTE PRODUÇÃO: Tomé Pereira; ADMINISTRADORA DE PRODUÇÃO: Ana Bordalo; CONTABILISTA: Silvia Guerra; A INTERNACIONAL - ARRANJOS E INTERPRETAÇÃO: Daniel Bernardes; AGRADECIMENTOS ESPECIAIS: Ana Cunhal Zivick, José Pacheco Pereira; Editorial Avante / Partido Comunista Português - Pedro Aires Oliveira; André Rijo; Ana Filipa Correia ; Sara Moreira; Elizabeth Bowley; Luís Godinho; Cláudio Lotra; Anabela Ferreira; Bombeiros Voluntários da Arruda dos Vinhos.

  • O Jovem Cunhal
  • O Jovem Cunhal
  • O Jovem Cunhal
  • O Jovem Cunhal
Ar de Filmes

Rua Nova de São Mamede, 35, 4ºesq
1250-172 Lisboa, Portugal

Telefone: +351 213 420 810

Telemóvel: +351 918 570 774

Email: ardefilmesgeral@gmail.com

Site: ardefilmes.org

Teatro do Bairro
Institucionais
Redes Sociais

yt

yt