A PAIXÃO DE SÃO JULIÃO HOSPITALEIRO

2011

A PAIXÃO DE SÃO JULIÃO HOSPITALEIRO

Sinopse

A Lenda de São Julião Hospitaleiro, publicada em 1877, acompanhou o seu autor, Gustave Flaubert, durante quase toda a sua vida, tendo sido por várias vezes reescrita. A partir de um vitral do séc XIII da Catedral de Ruão, Flaubert conta-nos uma lenda medieval impregnada de um ambiente mágico e trágico, de parricídio e de medo. Também Amadeo de Sousa-Cardozo terá sido seduzido por este vitral que copiou escrupulosamente em 1912. António Pires encontra neste conto um denominador comum face aos textos que anteriormente trabalhou: a luta de um homem com o seu destino. Com música e dança (hip-hop) ao vivo, o encenador conta-nos esta história centenária, na qual o imaginário visual nos reporta para as criações e esquissos de Amadeo de Souza Cardozo presentes no livro recuperado pela Fundação Calouste Gulbenkian, por ocasião da exposição retrospectiva do pintor em 2006.

Ficha Técnica

Adaptação: Maria João Cruz, a partir do conto de Gustave Flaubert e outros textos | Encenação: António Pires

Com: David Almeida, Graciano Dias, Maya Booth, Marcello Urgeghe, Maria Rueff, Mitó Mendes |Dança: André Cabral, X2 Rock, Sugah Funk | Músicos: Francisco Rato (violino), Sandra Raposo e Rita Cardona (viola d’arco), Hugo Fernandes (violoncelo), Joana Oliveira (piano)

Música: Paulo Abelho, João Eleutério | Cenografia: João Mendes Ribeiro | Figurinos: Sílvia Grabowski | Caracterização: Sano de Perpessac | Desenho de Luz: Vasco Letria | Vídeo: João Botelho | Direcção de Produção: Rita Simão | Produtor: Alexandre Oliveira

Co–produção com o São Luiz Teatro Municipal

Estreia: São Luiz Teatro Municipal

Fotos

A PAIXÃO DE SÃO JULIÃO HOSPITALEIRO A PAIXÃO DE SÃO JULIÃO HOSPITALEIRO A PAIXÃO DE SÃO JULIÃO HOSPITALEIRO