O BRAVO SOM DOS TAMBORES

de João Botelho
2012

O BRAVO SOM DOS TAMBORES

Sinopse

Uma mulher errante de nome bíblico, Sara (Sara Vaz, 32 anos, bailarina e actriz) - que arrasta consigo a sabedoria e os versos de OMAR KHA’YYÁM, o filosofo persa nascido em 1044 que enalteceu o vinho e a embriaguez como fonte de sabedoria e dissipação das dúvidas dos homens, ou da dor da sua ignorância – é observadora privilegiada, cúmplice entusiasmada e participante eufórica de momentos extraordinários das festas Nicolinas, esse ritual de iniciação à vida, aproveitando o patrono S. Nicolau e tradições profanas vindas do início dos tempos. “Bebe vinho! Tens a eternidade para dormir”.

Ficha Técnica

Argumento e Realização: João Botelho

Com: Sara Vaz e a população de Guimarães

Imagem: João Ribeiro | Operadores de 2º: Mário Quintela e João Pereira | Som: Francisco Veloso | Guarda-roupa: Vera Midões | Chefe de Produção: Pedro Bento | Montagem: João Braz | Misturas: Paulo Abelho e João Eleutério | Correção de cor: Nuno Oliveira | Produção: Alexandre Oliveira

Música: Antonin Dvorak String Quartet in D minor Op 34

Créditos Fundação Cidade de Guimarães Cinema e Audiovisual
Programador: João Lopes | Produtor-Delegado: Rodrigo Areias | Diretor de Produção: Ricardo Freitas | Secretária de Produção: Luísa Alvão

Com o apoio e financiamento: Fundação Cidade de Guimarães, Turismo de Portugal, Secretaria de Estado da Cultura, Câmara Municipal de Guimarães,Capital Europeia da Cultura, ON2, CREN, União Europeia

Uma produção para a RTP2 / Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura

Fotos

O BRAVO SOM DOS TAMBORES O BRAVO SOM DOS TAMBORES O BRAVO SOM DOS TAMBORES