DEUS . PÁTRIA . REVOLUÇÃO.

2009

DEUS . PÁTRIA . REVOLUÇÃO

Sinopse

Este espectáculo é o resultado da recriação musical de um vasto repertório que marcou o período Salazarista e o período pós 25 de Abril, recorrendo à conjugação / desconjugação de hinos, marchas, e canções portuguesas de cariz fascista, revolucionário ou religioso, mesclando repertórios que normalmente não vemos associados e que vão do erudito ao popular, numa paisagem de situações e rituais que compõe um mosaico de imagens de Portugal. Esta travessia pelos diversos géneros musicais, registos e atitudes, do paródico ao sarcástico, do escolar ao grandioso, do heróico ao delicodoce, sem esquecer o severamente militante, o abstracto e o partidário é, ainda, pontuada pelos “discursos ideológicos” e as ladaínhas escolares que fizeram parte do quotidiano de diferentes gerações, realçando nelas o que hoje soa desconcertante. Não se trata, no entanto, de um espectáculo revivalista. Pelo contrário, a intenção é trazer para o nosso tempo um repertório considerado ultrapassado, para o ‘retrabalhar’ através de sobreposições de estilos musicais, que vão dos hinos da Mocidade Portuguesa às Canções da Resistência, passando por grandes compositores associados ao Regime, ou que o combateram, como Ruy Coelho, Frederico de Freitas, Francisco de Lacerda, ou Fernando Lopes-Graça, pelo nacional cançonetismo de Maria de Fátima Bravo, Trio Odemira, João Maria Tudela ou Duo Ouro Negro, entre outros, e ainda pelas canções de abril de autores como José Afonso, Sérgio Godinho, José Mário Branco e Adriano Correia de Oliveira.
O elenco é composto pelos cantores solistas Alexandra Moura, Inês Madeira, Fernando Guimarães e Rui Baeta, e ainda pelo Coro Voces Caelestes e a Orquestra Aldrabófona, num total de 20 pessoas em palco, que encarnam múltiplos personagens.

Ficha Técnica

Autoria, Orquestrações e Direcção Musical: Luís Bragança Gil | Direcção Cénica: Luís Bragança Gil e António Pires | Dramaturgia : Luísa Costa Gomes e Luís Bragança Gil | Direcção Artística: António Pires

Com:Solistas: Alexandra Moura (Soprano), Inês Madeira (Mezzo-Soprano), Fernando Guimarães (Tenor), Rui Baeta (Barítono)| Voces Caelestes: Rosa Caldeira e Verónica Silva (Sopranos), Inês Martins e Manon Marques (Contraltos), Jaime Bacharel e Sérgio Fontão (Tenores), Gonçalo Abrantes e Manuel Rebelo (Baixos) | Orquestra Aldrabófona: Miguel Cepeda (clarinetes, saxofones), Jean-Marc Charmier (trompete, acordeão), Eduardo Lala (trombone), José Soares (guitarra acústica e eléctrica), Hugo Antunes (contrabaixo, baixo eléctrico), Pedro Araújo (bateria, percussão), Nicholas Mc Nair (piano)

Cenografia: João Mendes Ribeiro e Luisa Bebiano Correia | Figurinos: Maria Gonzaga - Guarda Roupa Lda. | Desenho de Luz: Vasco Letria | Desenho de Som: Paulo Abelho e João Eleutério | Assistente de Direcção Musical e Músico Co-repetidor: Nicholas McNair | Assistente de Direcção Coral: Sérgio Fontão | Assistente Cénico e de Movimentos Coreográficos: Didier Chazeau | Assistente de Encenação: Joana Pupo e Graciano Dias | Direcção de Cena: Graciano Dias | Operador de Som: João Bóia e Paulo Abelho | Maquilhadora: Tânia Marques | Construção do Cenário : Manuel Vitória | Gravações de Estúdio: Armazém 42 | Fotos de Cena: Mário Sousa | Produção Executiva: Ana Bordalo | Assistente de Produção: Sara Abreu e Ana Gusmão | Produtor: Alexandre Oliveira
Co-Produção com o Teatro Nacional São João e o Centro Cultural de Belém

estreia no Centro Cultural de Belém
digressão ao Teatro Nacional de São João

Fotos

DEUS . PÁTRIA . REVOLUÇÃO DEUS . PÁTRIA . REVOLUÇÃO DEUS . PÁTRIA . REVOLUÇÃO